Aché Laboratórios lança Esalerg Gotas para tratamento de rinite alérgica e urticárias

lachee

O Aché Laboratórios lança Esalerg Gotas para o tratamento de rinite alérgica e urticária. A nova apresentação é exclusiva entre os produtos que contêm a molécula desloratadina, oferecendo comodidade e facilidade também para crianças e idosos. O Esalerg Gotas é encontrado em embalagens de 20 ml e concentração de 1,25 mg/ml, sem corante e sem açúcar.

A novidade veio para ampliar o portfólio da companhia, que já contava com Esalerg Comprimidos e Xarope, indicado a adultos e crianças a partir de seis meses. “O grande diferencial é que se trata da única desloratadina do mercado com apresentação em gotas, o que possibilita uma diminuição de 60% do volume ingerido pelo paciente em relação ao xarope, trazendo mais facilidade e comodidade ao público infantil e da terceira idade”, explica Paula Martini, gerente de produtos da Franquia Respiratória do Aché.

O produto ainda não possui açúcar em sua formulação líquida e apresenta sabor tutti-frutti, sendo uma opção adequada para pediatras, otorrinolaringologistas e alergologistas.

A desloratadina é indicada para o alívio rápido dos sintomas associados a todas as variedades de rinite alérgica, entre eles espirro, rinorréia, prurido e congestão nasal, assim como prurido ocular, lacrimejamento e vermelhidão dos olhos, prurido do palato e tosse. O produto também é recomendado para o alívio dos sintomas associados à urticária, como prurido e redução do tamanho e número de erupções cutâneas. “Esalerg possui rápido início de ação, em 30 minutos, alta potência antialérgica/anti-histamínica e dose única diária, além de possibilitar a utilização junto a alimentos e outros medicamentos pela ausência de interações, proporcionando maior adesão ao tratamento”, destaca Paula Martini, gerente de produtos da Franquia Respiratória do Aché.

A rinite alérgica pode ser considerada a doença de maior prevalência entre as doenças respiratórias crônicas. O Brasil está no grupo de países que apresentam as maiores taxas de prevalência de asma e de rinite alérgica no mundo, afetando a qualidade de vida dos pequenos pacientes e dificultando o controle da asma. A doença atinge hoje aproximadamente 26% das crianças em idade escolar.

Em função disso, o mercado de anti-histamínicos líquidos atinge hoje venda de cerca de 8,7 milhões de unidades ao ano e movimenta cerca de R$ 185 milhões no Brasil. A desloratadina, que é um anti-histamínico de 2ª geração – com menores taxas de eventos adversos como a sonolência –, é a principal molécula deste mercado, com aproximadamente 35% de participação em unidades. Para mais informações, acesse o site www.ache.com.br e a rede social facebook.com/achelaboratorios

Fonte: CDI Comunicação Corporativa



Deixe uma resposta