Agência publica lista com suspensão de diversos produtos irregulares

Da Redação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou, no Diário Oficial da União desta segunda (7), uma lista de fabricantes de produtos voltados para o emagrecimento, tratamento da pele e dos cabelos, além de medicamento antidepressivo, que devem interromper imediatamente a fabricação e comercialização dos itens. A medida ocorre após a detecção de irregularidades nos produtos.

Foram suspensos ou receberam a notificação de interdição cautelar fabricantes de chás ou óleos emagrecedores que utilizam extratos vegetais de caralluma, sene, pholiamagra, sucupira, entre outros. Algumas empresas que produzem máscaras seladoras para cabelos e de sabonetes íntimos também foram afetadas. Além disso, 31 lotes do antidepressivo Tofranil 25mg estão impedidos de serem comercializados, já que foram encontrados itens que eram oferecidos com prazo de validade maior ao recomendado pela Agência.

A interdição cautelar é uma medida válida por 90 dias após a publicação no DOU. Durante esse tempo, os lotes interditados não podem ser comercializados e nem consumidos. Este é o prazo para que possam ser feitas contraprovas nas amostras dos lotes e, caso seja confirmada a irregularidade, o lote do produto fica definitivamente fora do mercado. Já a suspensão é definitiva até que a empresa regularize os produtos junto à Agência. A sua validade é imediata após divulgação no Diário Oficial da União.

As pessoas que já tiverem adquirido algum dos lotes ou produtos suspensos e interditados devem interromper o uso. Confira a lista de produtos clicando aqui!!!

Fontes: G1 e Anvisa



Deixe uma resposta