Entrefarma estruturada para conquista do mercado mineiro

Entrefarma
Depois de profunda reformulação, rede de farmácias Entrefarma projeta aumento de 50% em um ano e três meses, com estratégia de gestão inovadora

 

Depois de passar por uma profunda reformulação, que contemplou a total remodelagem da marca e a implementação de diferenciadas ferramentas de gestão, a rede mineira de farmácias Entrefarma já colhe os primeiros resultados, com crescimento individuais das lojas da associação de mais de 16%, em média, e já projetam saltos maiores, com o início do projeto de expansão no número de loja.

“Depois de um período de ajustes e planejamento, hoje já estamos prontos para um novo estágio. Com esse objetivo, estamos motivando os nossos associados a abrirem novas farmácias e também analisando lojas que não sejam associadas, mas que possuam nossas características para aderirem ao grupo, podendo utilizar dos benefícios oferecidos”, explica o vice-presidente da Entrefarma, José Lúcio Alves, que também foi um dos idealizadores da Associação.

zelucio

O crescimento do faturamento das lojas se mostrou também muito significativo. Em uma comparação entre o mês de agosto de 2015 e agosto de 2016, o número saltou de R$ 11.648.067,39 para R$ 13.538.647,96, um aumento de 16,23%, se mostrando muito acima do mercado.

Mudanças na gestão

Todo esse processo de mudança da rede teve início com a decisão da diretoria da rede de passar parte da gestão dos trabalhos para a administradora de redes de drogarias Farmarcas. “A partir das diretrizes passadas, buscamos uma administração mais profissionalizada das farmácias, promovendo uma padronização dentro da rede, com melhoria do layout interno, exposição dos produtos mais acertada, além de uma intensa adesão ao PEC, programa de fidelização de cliente”, detalha José Lúcio Alves.

Outro ponto que faz a diferença, segundo o diretor, é a atuação dos anjos, um grupo de profissionais responsáveis pela gestão do relacionamento entre a rede e as farmácias. Mas de nada adiantaria todo um suporte externo, se não ocorresse também a constante atualização dos gestores com o que há de mais moderno no mercado, por meio de treinamentos e capacitações.

Dificuldades e projeções

Por mais que hoje essa mudança se mostre extremamente acertada, a implementação não foi tão simples, sendo necessário quebras de resistências. “Muitas farmácias não quiseram se ajustar a essa realidade, o que fez com que algumas saíssem do grupo. Observamos que, para a continuidade do projeto, seria fundamental o engajamento de todos os participantes. Hoje, temos uma rede com um menor número de farmácias, 98 no total. Contudo, sabemos que todas estão empenhadas com os melhores resultados”, explica o diretor da Entrefarma.

Para os próximos anos, os objetivos da rede são ambiciosos, pois pretende crescer 50% nos próximos um ano e três meses. “Para atingirmos a meta, trabalharemos em duas frentes: uma é o incentivo para que os proprietários de farmácias da rede abram filiais, à qual daremos todo o suporte estratégico; outra frente será a prospecção de novas farmácias, mas, para isso, ocorrerá toda uma prévia análise sobre a adequação ao nosso padrão de trabalho”, conclui José Lúcio Alves.

Sobre a Entrefarma

A Rede Entrefarma é uma tradicional rede de Minas Gerais, uma marca com grande credibilidade e confiança do consumidor, que prioriza a prestação de serviços ao cliente aliada a uma política adequada de preços, por meio do seu cartão fidelidade.



Deixe uma resposta