Farmacêutica russa Biocad quer investir US$ 40 milhões no Brasil a partir de 2015

Da Redação

A companhia farmacêutica russa Biocad planeja investir 40 milhões de dólares na abertura de uma fábrica no Estado do Paraná, a sua primeira instalação num país da América do Sul. No local, a empresa pretende produzir versões genéricas de uma droga utilizada no tratamento contra o cancro e dois outros medicamentos.

Segundo o Diretor-Executivo da Biocad no Brasil, David Zylbergeld, parte do financiamento do projeto de produção dos biossimilares ficará sob responsabilidade do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), já que se trata de uma área estratégica para o governo brasileiro. Ele explica que só no ano passado o Brasil gastou mais de 200 milhões de dólares com esses medicamentos (trastuzumabe e rituximabe).

Ao todo, o Ministério da Saúde brasileiro investiu quase 3 mil milhões de dólares em medicamentos em 2012 e, de acordo com os planos do governo, esse valor deve chegar aos 14 milhões de dólares em 2016, um ano depois do início das operações da Biocad no Brasil.

De acordo com Zylbergeld, ainda não se sabe quanto as autoridades pretendem gastar com a aquisição dessas drogas nos próximos anos, mas o fato de haver versões genéricas delas e produzidas no próprio país implicará uma grande economia para os cofres públicos brasileiros.
Fonte: Snif Brasil



Deixe uma resposta