Venda de genéricos impulsiona faturamento

medicamentos genéricos
Crescimento dos genéricos se deve a crise econômica e orçamento mais enxuto, famílias optam por medicamentos com valores mais acessíveis

Publicado em 03/02/2017

De janeiro a novembro de 2016, os associados da Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan) foram responsáveis pela comercialização de 859 milhões de unidades de medicamentos, segundo a pesquisa realizada pelo IMS Health. No mesmo período de 2015, foram 797 milhões de unidades comercializadas. Isso representa um aumento de 7,7%.

Em relação ao faturamento, de janeiro a novembro de 2016, o valor foi de R$ 14.450 bilhões, sendo que no mesmo período de 2015, o montante chegou a R$12.900 bilhões. Isso representa um aumento de 12% no faturamento.

Segundo, o assessor jurídico e relações institucionais da Abradilan, José Carlos Nogueira, com a crise econômica e com o orçamento mais enxuto, muitas famílias optaram por medicamentos com valores mais acessíveis e por isso, os genéricos tiveram destaque nas vendas impulsionando o setor, visto que os associados Abradilan são responsáveis pela distribuição de 30% dos medicamentos genéricos no Brasil.

Responsáveis pela distribuição de 21% das unidades vendidas dos medicamentos no Brasil, os associados da Abradilan visitam 96% dos municípios do país e atendem 71% das farmácias em todo território nacional. Presentes em 24 estados, os 143 associados da Abradilan, empregam 11 mil pessoas diretamente.

Com informações da Assessoria da Abradilan e Guia da Farmácia



Deixe uma resposta