Setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos fatura R$ 101 bi em 2014

Publicado 27/03/2015

O Brasil segue como terceiro maior mercado consumidor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPPC) do mundo, atrás apenas de Estados Unidos e China, se distanciando cada vez mais do Japão, que ocupa a quarta posição. Com um faturamento na ordem de R$ 101,7 bilhões, o setor registrou crescimento nominal de 11% em 2014, se comparado aos R$ 91,9 bilhões, de 2013.

“Esse desempenho está associado a importantes fatores que impulsionam a indústria nacional, como o investimento em inovação e publicidade. Cerca de 30% do faturamento bianual de HPPC é proveniente de lançamentos e somos hoje o setor industrial que mais investe em comunicação, de acordo com informações do Ibope”, complementa João Carlos Basilio, presidente da Associação Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC).

Adicionalmente, a indústria promove oportunidades de trabalho para 4,8 milhões de pessoas, das quais 80% das vagas são ocupadas por mulheres.

Responsável por mais de 1,8% do PIB nacional, a indústria brasileira de HPPC segue representando 9,4% do consumo mundial e ocupa uma fatia de mais de 53% do mercado latino-americano.

Fonte: Abihpec

Foto:  Feepik



Deixe uma resposta