Lula assinará decreto sobre fracionados nesta 4ª

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encaminhará ao Congresso, nesta quarta (10), um  projeto de lei que obriga a produção e venda fracionada de medicamentos.

O projeto dará um prazo de seis meses para que os estabelecimentos se adaptem às novas regras.

No mesmo dia, Lula assinará um decreto autorizando a venda de remédios fracionados em drogarias.

Atualmente, 26 tipos de medicamentos, que compreendem mais de 100 apresentações comerciais, podem ser vendidos de forma fracionada, mas somente em farmácias.

Entre esses remédios estão os antibióticos, diuréticos, medicamentos contra colesterol, hipertensão e úlcera.

Fontes: O Globo



Deixe uma resposta