Receita bruta da Distribuidora Profarma atinge R$ 3,8 bi em 2012

Da Redação

A Profarma reportou nesta terça (26) os resultados referentes ao quarto trimestre e ano de 2012. Aproveitando-se do bom momento do setor e da atuação pautada em sua estratégia de crescer com rentabilidade, a Companhia apresentou receita líquida de R$ 3,2 bilhões no ano, 15,1% superior aos R$ 2,8 bilhões apurados no ano de 2011.

Na análise por região geográfica, as melhores performances foram registradas nas regiões Nordeste e Centro Oeste, que apresentaram crescimentos de 22,1% e 9,6%, respectivamente. Por categoria, os destaques foram os segmentos hospitalar e vacinas, genéricos, e higiene pessoal e cosméticos, com crescimento de 149,2%, 29,6%, e 22,8%, respectivamente, na comparação com o ano anterior. O lucro líquido ficou 53,6% acima do apurado no ano anterior, totalizando R$ 40,6 milhões. O Ebitda da Profarma foi de R$ 92,2 milhões em 2012, crescimento de 26,4% em relação a 2011, alcançando margem Ebitda de 2,9%.

Mesmo diante de fortes oscilações no mercado de renda variável, devido à instabilidade do ambiente internacional, as ações da Profarma (BM&FBOVESPA: PFRM3) tiveram um 2012 extremamente positivo. Os ativos encerraram o ano cotados a R$ 14,50, com alta de 34,9% em relação ao ano anterior, com volume financeiro médio de R$ 1,08 milhão, alta de 89,3% em comparação a 2011, enquanto o Índice Bovespa encerrou o ano com alta acumulada de 7,4%.

Após a Profarma ter concluído sua expansão geográfica, assumindo uma importante posição na distribuição farmacêutica do país e ter diversificado seu portfólio de produtos e clientes por meio de aquisições que viabilizaram sua entrada no mercado público e de especialidades, o ano de 2013 marca o início da terceira etapa estratégica da Companhia: a entrada no varejo farmacêutico com as aquisições de duas grandes redes cariocas. Ambas, combinadas, totalizam cerca de 140 lojas, e colocam a Profarma como o maior distribuidor misto do país.

O início desta nova etapa no plano estratégico da Companhia marca definitivamente a criação de uma empresa diferenciada no ambiente competitivo do mercado de saúde no Brasil. Tais passos reafirmam a entrada da Profarma em mercados com múltiplas oportunidades de crescimento, com margens operacionais maiores e sinergias a serem capturadas que contribuirão de forma relevante para a criação de valor para seus acionistas.
Fonte: global RI



Deixe uma resposta