Redes associativistas crescem mais que a média do segmento

associativismo
Em reportagem do jornal DCI é evidenciado o grande crescimento obtido recentemente pela Febrafar, que é maior que o mercado segundo dados do IMS

Publicado em 26/10/2016

Apoiado em compra conjunta e união na hora de negociar com fornecedores, as redes associativistas do ramo de farmácias estão crescendo acima da média do setor. A perspectiva da IMS Health é que o avanço de dois dígitos continue neste ano.

Segundo o diretor de relacionamento do IMS Health, Eduardo Rocha, as associadas à Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias somam 52 bandeiras. “Para se ter ideia da relevância destas farmácias, elas representam cerca de 10% de todo o mercado nacional e atingiram R$ 8,5 bilhões em faturamento nos últimos doze meses”, diz.

Em média, o mercado de farmácias cresceu 11,4% no período de um ano finalizado em julho de 2016, enquanto as redes associadas a Febrafar elevaram seu faturamento em 13,1% no mesmo período. “As lojas que migraram para a Federação tiveram um crescimento muito mais expressivo, atingindo o índice 23% em unidades de medicamentos vendidos.” O ganho das associadas à Federação soma 9,7% do total do setor farmacêutico.

Com informações do DCI e Panorama Farmacêutico – http://panoramafarmaceutico.com.br/2016/10/25/25102016-redes-associativistas-crescem-mais-que-media-do-segmento/



Deixe uma resposta