Aché lança Tanisea, a opção mais completa para parasitoses e viroses gastrointestinais

Para o tratamento de parasitoses, o Aché lança o Tanisea (nitazoxanida), um agente antiparasitário sintético de amplo espectro indicado como tratamento contra parasitas e gastroenterites virais causadas por viroses (rotavírus e norovírus).

As parasitoses intestinais (helmintíases e protozooses) são as doenças mais comuns do planeta, com 53% de prevalência em crianças no Brasil. As gastroenterites virais por sua vez, são responsáveis por 2,5 milhões de mortes.

Conheça as diferenças entre as doenças e os parasitas que as transmitem:

Helmintos – A transmissão acontece por meio da ingestão de água e alimentos contaminados, contato direto com material fecal de pessoa infectada ou por larvas que penetram a pele. Estão intimamente relacionadas às condições sanitárias e ainda hoje representam um problema de saúde pública.

Protozoários – São transmitidos através de alimentos e água contaminada, e a profilaxia é feita adotando-se bons hábitos de higiene pessoal.

Vírus – Transmitidos por meio do contato com as pessoas, utensílios e brinquedos, água e alimentos contaminados. Os rotavírus constituem-se na causa mais frequente de diarreia aguda grave na infância, já os norovírus, são causa frequente de surtos de diarreia em crianças e também em adultos.

Para Rosangela Alcatrão, diretora de marketing do Aché, “este é um importante lançamento que leva à população uma opção de tratamento completo no combate a estas doenças, e nos ajuda a cumprir nossa missão de levar mais vida às pessoas onde quer que elas estejam”.

Tanisea
Princípio ativo
: Nitazoxanida
Indicação: Tratamento de parasitoses e gastroenterites por rotavirus e norovirus
Registro MS: 1.0573.0506
PMC (ICMS 18% SP): comprimidos 500 mg – R$ 77,63 / suspensão oral 20 mg/mL em embalagem com 45 mL – R$ 31,07 / suspensão oral 20 mg/mL em embalagem com 100 mL – R$ 67,24
Com informações da Assessoria de Imprensa dos Laboratórios Aché