Aprovado produto para tratamento de esclerose múltipla

rastreabilidade
Medicamento foi registrado como produto biológico novo. O produto é indicado para o tratamento de esclerose múltipla em pacientes adultos

Publicado em 30/12/2016

 O produto biológico novo Plegridy® (betapeginterferona 1ª), usado no tratamento de Esclerose Múltipla recorrente-remitente (EMRR) em pacientes adultos, foi registrado e aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A publicação no Diário Oficial da União aconteceu no dia 19/12.

O princípio ativo do medicamento Plegridy® é a betapeginterferona 1ª que pode impedir que o sistema de defesa do organismo danifique o cérebro e a medula espinhal. A betapeginterferona 1ª é uma forma modificada de longa duração da interferona, substância natural produzida pelo corpo responsável por auxiliar na proteção contra infecções e doenças.

Embora não cure a doença, o tratamento com Plegridy® pode retardar os efeitos incapacitantes da esclerose múltipla, além de auxiliar na redução de surtos.

Com informações da Ascom/Anvisa



Deixe uma resposta