Aché inaugura Laboratório de Design e Síntese Molecular e apresenta Centros de Inovação Incremental e Radical

Paulo Nigro_presidente do Aché
Paulo Nigro, presidente do Aché, na inauguração do Laboratório de Design e Síntese Molecular, em Guarulhos, São Paulo

Publicado 12/11/2015

O Aché inaugurou nesta terça-feira (10), em sua sede em Guarulhos, na Grande São Paulo, o Laboratório de Design e Síntese Molecular, pertencente ao novo Centro de Inovação Radical. A partir de agora, um grupo de cientistas ficará responsável pela pesquisa de moléculas inovadoras, com o objetivo de desenvolver novos ativos farmacêuticos para saúde humana. Também foi apresentado o Centro de Inovação Incremental do Aché, cujo objetivo é pesquisar e desenvolver novas tecnologias farmacêuticas no Brasil.

“O novo laboratório, com outras iniciativas inovadoras, surge em um momento especial, coroando os 50 anos de história da empresa, celebrado em 2016. Trata-se de um marco para a produção científica e para o avanço inventivo da indústria farmacêutica nacional”, diz Paulo Nigro, presidente do Aché. “O objetivo é fazer com que o Aché seja um ‘celeiro’ nas áreas de pesquisa e desenvolvimento, sempre com olhar global.”

O Laboratório de Design e Síntese Molecular é um dos frutos do Núcleo de Inovação do Aché, criado em 2015 para dar mais agilidade na renovação do portfólio e no lançamento de novos produtos da companhia. “O Núcleo tem o objetivo de integrar as diretorias envolvidas no processo de inovação, trazendo multidisciplinaridade e fortalecendo a interlocução entre as áreas”, afirma Nigro.

Portfólio sustentável

Segundo Cristiano Guimarães, diretor de Inovação Radical do Aché, o Laboratório de Design e Síntese Molecular tem como foco necessidades ainda não atendidas em diferentes áreas do setor de Saúde, como Saúde Feminina, Saúde Masculina, Sistema Nervoso Central, Cardiometabólica, Saúde Respiratória e Osteomuscular.

“Com a inauguração do laboratório, importantes etapas do processo de inovação radical, que antes era 100% conduzido externamente em laboratórios especializados em pesquisa, ficarão sob o comando do Aché, garantindo maior controle e assertividade ao nosso processo de inovação”, diz Guimarães. “Além disso, aumentaremos nossa capacidade de atrair e manter talentos que perpetuarão o conhecimento dentro da companhia, em vez de terceirizá-lo.”

Em 2015, foram investidos R$ 20 milhões em inovação radical, incluindo a construção do novo laboratório, como parte da estratégia do Aché de impulsionar o crescimento sustentável. Os aportes destinados ao desenvolvimento de novos produtos totalizaram R$ 202 milhões.

Cristiano Guimarães_Diretor de Inovação Radical
Cristiano Guimarães, diretor de Inovação Radical, fala sobre o Laboratório de Design e Síntese Molecular

Design e síntese de moléculas

O termo design – usado para definir o ato de projetar, modelar e planejar – não é comumente associado à pesquisa de novas moléculas. Especificamente, o termo design molecular engloba o processo intelectual relacionado ao planejamento racional de estruturas químicas para uma determinada finalidade.

De acordo com Cristiano Guimarães, cada molécula possui uma série de propriedades a serem otimizadas, como físico-químicas, perfil farmacológico, farmacocinética e toxicidade. “No processo de design de novas moléculas, é essencial o emprego de métodos computacionais que têm como objetivo predizer essas propriedades, com o objetivo de economizar tempo e dinheiro, já que apenas as moléculas com o melhor conjunto de propriedades preditas são sintetizadas e avaliadas em uma série de testes em laboratório.”

As informações obtidas nos testes alimentam um novo ciclo de design, síntese e avaliação, de forma iterativa, até que uma molécula que contemple o melhor conjunto de propriedades seja obtida. “Essa molécula torna-se então um candidato a estudos clínicos”, afirma Guimarães.

Laboratório e Ferring anunciam intenção de parceria

O Aché Laboratórios e a companhia biofarmacêutica internacional Ferring Pharmaceuticals anunciaram a intenção em iniciar uma parceria para o desenvolvimento de novas plataformas tecnológicas. A colaboração, que marca os 50 anos de história do Aché, a serem completados em 2016, possibilitará a realização conjunta de pesquisa e inovação em tecnologia aplicada a produtos farmacêuticos para diversas áreas, ampliando a gama de possibilidades de prescrição médica e tratamento para pacientes.

Segundo Edson Bernes, diretor do Núcleo de Inovação Incremental do Aché, a colaboração segue a estratégia da companhia de apostar em tecnologia, com base em inovação, para manter o crescimento sustentável. “O acordo possibilita a colaboração em P&D com foco em atender às necessidades de médicos e pacientes no Brasil e no mundo. As tecnologias geradas terão ampla aplicação, para quaisquer classes terapêuticas, com diversos benefícios, como redução de efeitos adversos, aumento da aderência do paciente ao tratamento e da comodidade posológica”, avalia.

A Ferring é líder internacional em pesquisa, desenvolvimento, fabricação e comercialização de peptídeos e proteínas, atuando internacionalmente há mais de 65 anos. Com a filosofia “pessoas vêm em primeiro lugar na Ferring”, a empresa possui excelência nas seguintes áreas terapêuticas: Saúde Reprodutiva, Urologia, Gastrenterologia, Endocrinologia e Ortopedia. Com sede na Suíça, a Ferring tem mais de 6,5 mil funcionários e está representada em mais de 60 países – possui 10 centros de P&D em todo o mundo, incluindo Estados Unidos, Europa, Índia e China. A companhia atua há 24 anos no Brasil e hoje possui mais de 100 colaboradores no País.

“A Ferring reconhece a força do Aché no mercado farmacêutico brasileiro e sua contribuição como uma das principais empresas que oferecem importantes medicamentos para uma ampla gama de médicos prescritores e pacientes no Brasil, contribuindo com a economia do País. Com foco no futuro, Ferring e Aché explorarão oportunidades para o desenvolvimento de fármacos baseados em plataformas radical e incremental de tecnologia farmacêutica para o benefício dos mercados brasileiro e internacional”, afirmou Alan S. Harris, vice-presidente sênior global de P&D da Ferring.

Fonte: Aché

Fotos: Divulgação



Deixe uma resposta