Confira a entrevista do Gerente Nacional de Vendas do Canonne, Daniel Carvalho, laboratório recém-parceiro da FEBRAFAR

valdalogo

 

 

ENTREVISTA

danielinterna

 

 

01) Breve histórico do Laboratório Canonne.

Inventadas em 1902 pelo farmacêutico Henri Canonne, as pastilhas Valda foram um dos primeiros produtos farmacêuticos industrializados. Por conterem substâncias antissépticas, eram o único medicamento capaz de combater as doenças respiratórias que apavoravam a população. Graças às suas qualidades farmacêuticas, as pastilhas Valda começaram a correr mundo afora a partir de 1912 e chegaram ao Brasil em 1914. O Sr. Eugène Barrenne, empresário do setor farmacêutico, começou a vender as pastilhas em 1925. No início, elas eram importadas da França e colocadas no mercado brasileiro através das farmácias e drogarias. Por volta de 1935, a fabricação local do produto tornou-se indispensável. O Sr. Barrenne comprou um terreno em São Cristóvão, no Rio de Janeiro, e construiu uma fábrica. Procurou o criador da Valda, Henri Canonne, e pediu financiamento somente para a compra das máquinas e o know-how de fabricação das pastilhas. Henri não só concordou em fornecer as máquinas como mandou um técnico francês ao Brasil a fim de orientar a montagem do Laboratório no Rio. As pastilhas Valda conseguiram, então, em abril de 1936, o registro de medicamento outorgado pela Diretoria de Defesa Sanitária Internacional e da Capital da República – Departamento nacional de Saúde Pública. Entre 1937/38, a fábrica começou a funcionar com o nome de Sociedade Farmacêutica Bresival Ltda. e comercializou os produtos Valda até 1975. A partir desta época, o herdeiro desta grande tradição farmacêutica, Dr. Jacques Canonne, farmacêutico, presidente do grupo Valda, decidiu assumir o destino das famosas pastilhas criando o laboratório Valda, cuja razão social foi modificada para Laboratório Canonne no ano de 1986.

fcanonne

02)Atualmente, a empresa atua em quais segmentos de mercado?

Apesar da nossa linha ser considerada como alimentos funcionais, atuamos somente no varejo farma. Contudo, não temos implicações quanto a outros mercados. Em função da nossa história, estamos convictos que o comércio farmacêutico ainda tem muito a crescer com o mix Valda e, por isso, todos os nossos esforços comerciais são dirigidos exclusivamente para este canal. Queremos preservar, assim, essa fidelização com este importante canal de distribuição.

03)Quantos produtos da linha Valda são disponibilizados às farmácias e drogarias de todo o país?

Atualmente, temos 12 itens na linha Valda com sucesso consolidado em vendas. Os nossos lançamentos foram amadurecendo ao longo dos anos e, considerando que as gôndolas e check-outs das farmácias possuem um espaço restrito, respeitamos esta limitação, evitando lançar vários produtos de vida comercial com ciclos curtos. Nosso foco está direcionado a lançamentos que realmente se valorizem com o tempo, beneficiando o espaço/R$ custo por centímento no PDV.

04)Quais são os mais recentes lançamentos e quais produtos a empresa pretende lançar em 2015?

O último lançamento do Laboratório Canonne foi o “Valda X”, drágea de goma de mascar com alta dosagem de Xilitol. Para 2015, seremos mais ousados: teremos o lançamento do “Valda Aventura”, que certamente será uma revolução nos sabores disponíveis no mercado, uma verdadeira aventura de sensações organolépticas.

05)Quais as principais ações que a empresa vem desenvolvendo para estreitar o relacionamento com o varejo farma?

Quando tudo pode parecer já ter sido desenvolvido em termos comerciais e de marketing dentro do setor farmacêutico, o Laboratório Canonne consegue inovar ao elaborar um novo approach baseado na sinergia de dois elementos: o evento cultural entrelaçado ao merchandising. Para realizar este desafio, o Laboratório Canonne iniciou, em 2012, o primeiro festival universitário de bandas independentes utilizando os meios digitais modernos de divulgação junto ao público. Em 2014, com a experiência adquirida, realizamos o primeiro teste de mercado associando ao projeto uma amostragem de 6.000 PDVs para participar como divulgadores culturais. Frente à resposta altamente positiva, nasceu o WebFestValda como meio de estreitar o relacionamento do varejo farma com a nossa marca.

06)Comente o trabalho de MKT e/ou Mídia que o laboratório vem desenvolvendo para estreitar também a relação com o consumidor.

Desta nova concepção de approach marketing iniciado em 2010, o Laboratório Canonne treinou toda a sua equipe de marketing para interagir nas mídias digitais e redes sociais desenvolvendo FanPages dos seus principais produtos, como por exemplo:

Com todo esse direcionamento publicitário, surgiu um enorme potencial de comunicação na divulgação dos produtos Valda, assim como a do evento nas mídias sociais, agregando valor cultural à imagem da empresa.

07) Especificamente com relação à ação WebFestValda, quando esta ação foi idealizada pela empresa?

Avant-propôs: durante todos os anos 90, a Valda já organizou vários Festivalda nas principais capitais do Brasil e adquiriu um know-how técnico em realização de show. O planejamento atual, atualizado com o uso intensivo da Web, foi elaborado em duas fases: A 1ª foi divulgação junto ao público e realização do show do WFV (anos 2012/2013); e a 2ª, devido ao sucesso obtido com dois festivais realizados com profissionalismo e uma história a contar, O WFV foi apresentado ao varejo farma.

08) Em que consiste esta ação?

Objetivamos rejuvenescer a marca Valda, mais que centenária, através da música, isso em relação aos consumidores, e transformar a marca em produtos para os jovens e para o público mais maduro. O outro intuito dessa ação foi dinamizar uma parceria com o varejo farma, oferecendo, além do nosso mix de produtos, uma oportunidade de desenvolver uma atividade diferenciada no ponto de venda, transformando o varejista em agente cultural do seu bairro, graças a toda infraestrutura cultural disponibilizada pelo marketing da empresa.

09)A quais públicos o WFV é direcionado e quem pode participar?

Toda a divulgação do WFV, embora dirigida aos jovens músicos, é de fato acompanhada por públicos diversos. Nossas análises sobre o perfil dos internautas que acompanham o evento demonstram que temos 50% na faixa de 18 até 25 anos e 50% para as outras faixas etárias, o que prova que a marca está se consolidando junto aos jovens (futuros consumidores dos nossos produtos) e se fortalecendo com os demais. Vale destacar que toda banda, desde que pelo menos um dos seus elementos seja universitário, pode se inscrever. Como o WFV é um aberto de música, todos os gêneros musicais são aceitos.

10) Qual é o perfil da plateia que acompanha o festival?

O perfil é variado, pelo fato de que a estrutura do festival contempla não somente as bandas concorrentes como, em cada um de seus dias de realização, o encerramento é realizado por bandas top do mundo musical atual.

11)O WFV é realizado durante quantos dias e o que ocorre em cada dia?

O festival sempre acontece no final do mês de julho de cada ano e é realizado em três dias. Nos dois primeiros dias, doze das 24 bandas selecionadas se apresentam – das quais seis são classificadas por sete jurados especialistas. Isto permite realizarmos no sábado a grande final, com 12 bandas selecionadas, fora as bandas de abertura e encerramento. O show, na sua totalidade, dura cinco horas sem parar.

12)Quando e onde ocorreu a primeira edição? E quando ocorrerá a próxima?

O 1º Festvalda foi realizado em 1992 no antigo Imperador, Meier, Rio de janeiro. E, nos anos seguintes, no Circo Voador até a sua interdição. Depois, no Morro da Urca. Na sua nova versão WEB, o festival foi realizado na nova estrutura do Circo Voador  (lotação 2.500 pessoas/dia). No entanto, visto o crescimento do interesse no WFV, com a entrada da parceria com o varejo, o WFV 2015 será realizado na Fundição Progresso (vizinha do Circo Voador e tão prestigiada quanto esse último) devido a sua lotação, que suporta 6.000 pessoas/dia. Um fato importante de salientar é que, além desse público presencial, o festival é sempre transmitido via streaming pelo Youtube e pelo canal TVWEBFESTVALDA, que tem atingido nessas últimas edições um alcance de mais 1,2 milhões de internautas durante os três dias de realização do festival. O objetivo de alcance via internet para 2015 é de superar 2 milhões de internautas.

13)Quais ações de divulgação do festival a empresa realiza para os interessados em inscrever-se e também para a população que prestigiará o festival?

Durante os três meses anteriores ao evento, toda uma campanha é desenvolvida nas mídias digitais e redes sociais atingindo centenas de milhões de impressões e visualizações a respeito tanto das informações para as inscrições  (foram 1.218 bandas de todo o Brasil que se inscreveram este ano) como as do próprio show.

14)Como a empresa avalia esta ação pela ótica comercial e de fixação da marca junto à população jovem e quais frutos a empresa colhe a cada edição?

Se fosse insatisfatório comercialmente, a gente não perseveraria nesta política de marketing. O motivo disso é que nos anos anteriores a 1990, a marca da Valda era decadente pela sua própria história (as Pastilhas Valda foram lançadas em 1902 e fabricadas a partir de 1936 no Brasil). Essa política de desenvolver, através da música, um meio de comunicação com os jovens dos anos 90 fez com que esses mesmos, hoje com 30 a 45 anos, passassem a se identificar com a marca Valda. E agora a história se repete. Saber perseverar!!!!

15)Atualmente, quantos profissionais compõem a força de vendas da empresa? Há planos de expansão neste sentido?

Nossa força de vendas é composta por 06 gerentes que atuam na multiplicação do nosso conceito de MKT/Venda. Utilizamos as equipes da distribuição como nosso exército de vendas, levamos a eles capacitação comercial da nossa linha, os apoiamos com ações de MKT inteligentes e motivacionais. Treinamos constantemente as equipes para extrair o máximo da nossa parceria.

16)Quem são os principais executivos que respondem pela área comercial da empresa?

Daniel Carvalho – Gerente Nacional de Vendas

17)Recentemente, a Canonne tornou-se sócio honorário da FEBRAFAR. Quando surgiu o interesse em aproximar-se das redes associadas à federação? O que o laboratório espera desta parceria?

O laboratório Canonne, após o teste positivo de merchandising realizado este ano (os PDVs que participaram, tiveram um crescimento superior a 21% na linha Valda), passou a apostar na ampliação das ações comerciais, passando de 6.000 pontos-de-venda no teste para 15.000 para o ano de 2015. A Canonne já mantinha relações com algumas associações de uma forma aleatória, e percebeu a necessidade de planejar a divulgação do WFV com certa consistência. A única resposta, em relação a envergadura da nova dimensão do evento, foi de aproximar-se da FEBRAFAR para desenvolver uma parceria que pudesse ser benéfica para ambas as partes. A recepção do nosso projeto pelo Presidente e a diretoria da Febrafar foi muito positiva e com a sua ajuda tivemos acesso às 46 redes integradas à federação. Com a força da FEBRAFAR e das associações que a compõem, vamos garantir o sucesso do WFV 2015, tanto comercial e culturalmente, através da nossa parceria e dos mais de 9.000 PDVs da comunidade FEBRAFAR. Estamos convictos de que conseguiremos criar um case de sucesso no varejo farma, a partir desta importante parceria com a FEBRAFAR.

Para mais informações sobre o Laboratório Canonne, a linha de produtos Valda ou o WEBFESTVALDA, acesse o site www.valda.com.br, hotsite www.webfestvalda.com.br/2014/ ou a fanpage facebook.com/WebFestValda.

 

SERVIÇO
LABORATÓRIO CANONNE LTDA

End: Av. Canal do Anil, 1.263 – Gardênia Azul – Rio de Janeiro
SAC: 0800-0211100
Fone (varejo farma): 0800-6002532
Site oficial: www.valda.com.br



Deixe uma resposta