Drogaria Total – a força da gestão nas farmácias

A importância da boa gestão nas farmácias pode ser representada em números e crescimento? A Rede de Drogaria Total comprova que sim, sendo que hoje possui 366 lojas em 229 cidades do interior de São Paulo, empregando 1.800 funcionários. Além disto, no último período de um ano, finalizado em agosto de 2017, a rede obteve um crescimento de 22,7% em comparação ao mesmo período do ano anterior, enquanto o mercado farmacêutico nacional cresceu apenas 12,3%.

Também se mostra relevante o fato da rede de farmácias já caminhar para atingir 750 mil clientes em seu programa de fidelidade ligado ao Programa de Estratégias Competitivas (PEC), desenvolvido pela Febrafar, e construir um espaço de 5.600 m² para Coopertotal – Cooperativa de medicamentos que é gerida pela rede e que garante às lojas condições especiais na compra dos produtos que comercializam.

Força administrativa

Todavia, a obtenção desses resultados se deve a muito trabalho e a uma organização de seu corpo diretivo, que permite as melhores opções de rumos tomados. “Temos um trabalho muito intenso sendo realizado, com uma diretoria que se reúne toda terça-feira para que projetos e decisões sejam desenvolvidas de forma mais rápida e eficientes, com o compromisso fechado no crescimento das lojas”, explica Jair Beloube, administrador da Drogaria Total.

Outro ponto priorizado pela rede é a capacitação de todos que atuam na rede (proprietários, gestores e funcionários), com a atuação da Escola Total de Ensino Continuado, que objetiva capacitar e reciclar todos funcionários. Tendo como suporte auxiliar uma biblioteca de treinamentos em vídeos que já soma 30 conteúdos.

“Hoje temos a rede com um trabalho intensa de apoio às farmácias, para tanto nos dividimos em 12 unidades regionais, para facilitar a administração, e também instituímos as figuras dos anjo, que atuam de forma receptiva e ativa, acompanhando os lojistas em seu preenchimento do Painel de Aferição de Indicadores (PAI) e na divulgação de parcerias, dentre outras ações que otimizam a gestão das lojas”, explica Jair Beloube.

Prioridade é o cliente

O resultado se observa também na percepção dos clientes, como o crescimento acima do mercado comprova, fruto de ferramentas elaboradas para captação e manutenção das pessoas. Além dos já citados cartões de fidelidade do PEC, são oferecidos cartões de convênio com empresas, cartão de crédito próprio e parceria com cartões de empresas, administrado pelo Departamento de Cartões.

Outro ponto que tem grande aceitação dos clientes são as Revistas de Ofertas, que é bimestral e atualmente tem uma tiragem de 800 mil unidades, preparada com base em negociações e avaliações que garantam a obtenção do melhor resultado. Tudo pensado com base em um projeto sustentável de crescimento, que projeta o crescimento da participação de mercado e crescimento para novas localidades.