Procura por medicamentos genéricos é expressiva

Levantamento feito pelo Instituto Febrafar de Pesquisa e Educação Continuada (IFEPEC) aponta que o número de brasileiros que procuram pelos medicamentos genéricos é expressivo. Segundo o estudo, 37% dos consumidores apontaram que adquiriram remédios dessa modalidade, outros 32% compraram os de marcas e 31% compraram uma mescla dos 2 tipos. Farmacêuticos acreditam que a venda dos medicamentos genéricos não é maior porque muitos consumidores ainda não possuem informações adequadas sobre os produtos. Os genéricos estão no mercado brasileiro desde 1999 e possuem o mesmo princípio ativo de medicamentos considerados de referência ou de marca.

COMPRA DE MEDICAMENTOS GENÉRICOS

“No início eu resistia em comprar medicamentos genéricos”, conta a professora Helena Rocha. Ela afirma que a sua relação com os genéricos começou por causa da falta de um anti-inflamatório nas farmácias. “Era o prescrito pelo médico e eu não encontrava em nenhuma farmácia”, lembra. “A farmacêutica, então, me indicou este similar (genérico) e, como eu precisava comprei”, disse, ao afirmar que não teve nenhum reação negativa.

A professora aposta na mudança de comportamento dos brasileiros em relação aos tipos de medicamentos a serem consumidos. “Eu acho que é uma questão cultural que começou a ser quebrada”, afirma Helena Rocha.

A farmacêutica Manoela Paula da Silva, 31, aponta que os anti-inflamatórios e os relaxantes musculares estão entre os genéricos mais procurados pelos consumidores. “Os de pressão nem tanto porque eles estão disponíveis pelo programa farmácia popular, mas a venda dos similares cresceu”, atenta.

Ela acredita que o que leva o consumidor a escolher o genérico é o preço mais baixo, pois a nível de informação o paciente ainda desconhece a importância dos genéricos. “A gente busca orientar os pacientes que nos pedem esclarecimentos e isso ajuda a confiarem nos genéricos”, pontuou a farmacêutica. (Com redação)

Com informações do Diário do Pará – http://www.diarioonline.com.br/noticias/para/noticia-416672-procura-por-medicamentos-genericos-e-expressiva.html



Deixe uma resposta